Debate TV Globo

28 de outubro de 2016

João Leite é o mais preparado para cuidar de Belo Horizonte

Em debate na TV Globo entre os candidatos, João Leite apresentou propostas, mostrou conhecimento e equilíbrio para enfrentar os desafios da capital mineira

No último debate entre os candidatos a prefeito da capital, promovido pela TV Globo, na noite desta sexta-feira (28/10), João Leite reafirmou que saúde, segurança e educação serão suas prioridades à frente da Prefeitura de Belo Horizonte. Com a experiência adquirida como deputado, vereador e secretário municipal e estadual, João Leite mostrou que conhece profundamente a realidade de Belo Horizonte e os caminhos que devem ser tomados para resolver os problemas da cidade.

Ao iniciar sua participação no debate, João Leite destacou o cuidado que terá, sendo eleito, com a saúde, principalmente das mulheres. “Com a Rede Cuidar, nós vamos dar atenção aos nossos idosos, àqueles que têm doenças crônicas, pressão alta, diabetes, com atenção permanente. Vamos dobrar as consultas e exames especializados. Fazer uma ação preventiva, acompanhar a vida dessas pessoas”, afirmou.

Sobre a proposta de levar energia limpa e barata à população de baixa renda, medida que faz parte do seu Plano de Governo, João Leite explicou que a Companhia Urbanizadora de Belo Horizonte (Urbel) terá papel fundamental. “Queremos continuar muitas coisas boas que a Urbel já fez, importantes para vilas e favelas. Tivemos a oportunidade de conversar com o Ministério das Cidades e há recurso para essas moradias. É importante explicar que, hoje, todas as casas dos programas habitacionais têm placa solar. Isso é modernidade. Aquece a água e diminui o custo da energia elétrica para as pessoas.”

Para a educação, além do compromisso de incluir as 17 mil crianças de Belo Horizonte na rede infantil de ensino, seja nas Umeis ou em creches conveniadas, João Leite propõe a criação do Centro de Referência do Professor, para que eles estejam mais preparados para orientar a nova geração, que é pautada por novas tecnologias e o mundo digital. “Precisamos preparar os jovens para essa nova economia, moderna e criativa. Também vamos criar o programa Se Liga, para dar qualificação, capacitação para esse menino ou menina, para atuar na moda, cultura, gastronomia e tecnologia. Temos que trabalhar junto às empresas, com o primeiro emprego.”

Ao ser questionado por seu adversário sobre suas referências de vida, João Leite, emocionado, apontou seu pai e sua mãe. “A referência moral da minha vida é o meu pai, que foi guarda de rua, em BH. Um homem de honra. A minha referência moral é a minha mãe, dona Geralda. Eles são referência moral para a minha vida. Foi com os meus pais que eu aprendi. Foi com o meu pai policial que eu vi, no final da vida, quando eu comprei a sepultura do meu pai e recebi o atestado de óbito dele: ‘não deixa herança’. Meu pai deixou herança. Waldemar Leite da Silva, meu pai. A quem eu honro. Deixou herança. Uma vida digna de honestidade. Meu pai já faleceu, mas minha mãe está viva. As minhas referências estão muito claras em minha vida. São os valores cristãos. É isso o que me moveu, me levou para a vida inteira.”

João Leite participou, na noite desta sexta-feira (28/10), de debate entre os candidatos a prefeito de Belo Horizonte, promovido pela TV Globo.

Foto: Gustavo Baxter / Nitro

Facebook

Instagram

Flickr